Crônicas Narrativas

Jovens escritores, antes de se aventurarem pelos labirintos dos romances, fazem muito bem em iniciar sua criação literária através das crônicas narrativas. De forma geral, são textos mais curtos – Crônicas Pequenas – e que permitem explorar e desenvolver a habilidade de escrita dos novos autores, e prepará-los para maiores desafios literários que se formarão a frente.

O Que é Crônica Narrativa

Uma crônica narrativa pode ser definida como uma história em que há personagens, cenários e um conflito. Além disso, deve possuir introdução, clímax e conclusão. São textos experimentais e pessoais, permitindo que o escritor expresse sua criatividade. A necessidade de um conflito ou enredo é essencial para que um texto seja definido como uma crônica narrativa. Por exemplo, uma breve narração poderia ser escrita desta forma:

Saí de manhã para comprar leite. Fui até a padaria e voltei para casa. Era hora de tomar o café da manhã e me preparar para sair”.

Aqui vemos uma personagem (eu) e também cenários (padaria e minha casa). No entanto, percebe-se a ausência do conflito. A narrativa não se forma porque não possui um passo seguinte a ser dado. Não há objetivos. E sem um destino, a crônica narrativa não consegue se formar.

Uma crônica pode se tratar de uma narrativa real ou fictícia. Possuindo os elementos descritos acima, é também essencial um comprometimento do escritor e da aplicação de algumas dicas sobre como escrever um livro.

Como Escrever Uma Crônica Narrativa

Crônicas Narrativas

Muitas crônicas são escritas do ponto de vista do autor. No entanto, existem outros pontos de vista que precisam ser analisados pelo escritor ao compor sua crônica narrativa. Muito da criatividade poderá ser alcançada por meio da escolha da perspectiva autoral do texto.

Para mais informações, considere o artigo Ponto de Vista da Terceira Pessoa – Onisciente e Limitado.

Use uma linguagem clara e concisa. O vocabulário precisa ser cuidadosa e artisticamente escolhido. Utilize uma linguagem específica para evocar os sentimentos apropriados dos seus leitores.

Tenha um enredo claramente identificado. Não deixe o leitor na dúvida quanto ao propósito de suas crônicas narrativas. Você está no controle do texto e pode direcioná-lo para onde bem entender. Apenas se certifique de que seu público consiga seguir sua liderança.

Exemplos de Crônicas Narrativas

4 ideias sobre “Crônicas Narrativas

  1. Pingback: Autores Devem Usar Perfis ou Fan Pages?

  2. Pingback: Como Escrever um Livro Didático

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>