Você quer escrever a biografia de outra pessoa, alguém com quem conviveu, como a biografia do seu filho, dos seus pais, marido, esposa, etc.? Fique atento que eu tenho dicas importantes para te dar.

Uma biografia é a história de vida de uma pessoa colocada no papel. Eu já falei aqui sobre dicas para escrever uma autobiografia.  Agora vamos nos deter no processo para escrever a história de vida de outra pessoa. Evidentemente, se a pessoa estiver viva e for possível entrevistá-la fica mais fácil para criar um trabalho completo e de qualidade. No entanto, ainda que o biografado seja falecido, é possível escrever a biografia dele.

O objetivo é garantir que os eventos mais importantes da vida de uma pessoa estejam registrados. Assim, mesmo que vários anos e décadas passem, o legado desta pessoa continuará – a história de vida desta pessoa poderá ser lida por seus descendentes e outras pessoas.

Determine o Foco da Biografia da Outra Pessoa

Primeiramente, você precisa determinar o que a pessoa fez de mais valioso que você quer destacar na biografia dela.

Por exemplo, digamos que seja uma pessoa batalhadora que enfrentou muitas lutas, a maioria na fase adulta, até mesmo um câncer extremamente agressivo. Se este é o caso, você não precisará se deter muito tempo na infância e juventude dela. Neste exemplo que estou citando, basta você dar uma pincelada nos eventos deste período inicial e, finalmente, passar para o que realmente interessa.

Faça Pesquisas

A base da biografia de outra pessoa são as pesquisas que você precisará realizar. Pode ser que você saiba muito pouco sobre esta pessoa. Por isso, precisará de toda a ajuda necessária para colher as informações realmente importantes.

Eu desenvolvi um questionário para esta finalidade. Eu utilizo esta ferramenta nas biografias que escrevo. São mais de 230 perguntas que abrangem todas as fases da vida da pessoa. Este questionário pode ser usado tanto por quem vai escrever uma autobiografia quanto por aqueles que vão registrar a biografia de outra pessoa.

E-book com passo a passo para escrever uma biografia

Se a pessoa estiver viva, você poderá usar estas perguntas para entrevistá-la. Se já for falecida, use estas perguntas para entrevistar pessoas próximas. No caso de pessoas públicas, famosas, você poderá recorrer a outras fontes como bibliotecas e internet para obter alguns dados sobre ela que talvez estejam dispersos, espalhados.

Com a ajuda deste questionário, você pode ficar tranquilo – nenhum evento importante ficará de fora.

Selecione as Informações Relevantes

À medida que você pesquisar a vida da pessoa, filtre o que realmente importa. Lembre-se do que falei ali em cima sobre o foco da biografia. Cuidado para não se deter em eventos tão banais que talvez farão com que, posteriormente, os leitores fiquem cansados. Não torne uma vida intensa, interessante, em algo chato e cansativo.

Por isso, depois que terminar toda a pesquisa, não tenha dó de eliminar pontos que não sejam interessantes.

Organize os Capítulos

A forma como os capítulos serão distribuídos é muito importante. Você pode organizar a vida da pessoa de acordo com fases.

Digamos que, conforme exemplo já citado, a pessoa não tenha tido uma infância ou juventude muito interessantes. Então, certifique-se de deixar todos os eventos destas fases registrados em um único capítulo. Talvez dois, no máximo.

Quanto às fases mais intensas, cuidado para não deixar os capítulos muito longos. Talvez haja muita coisa para contar deste período. Assim, você pode organizar os eventos de uma maneira que fiquem distribuídos em mais capítulos.

Neste momento, você também poderá determinar quais fotografias farão parte da biografia. Assim, poderá inseri-las nos capítulos corretos.

Comece Com Algo Empolgante

Para o prólogo ou prefácio, comece com algo empolgante. Você pode destacar o ponto mais impactante da vida da pessoa, sem entrar em detalhes sobre como a história termina. Apenas para gerar curiosidade. Assim que finalizar o prefácio, comece o capítulo 1 voltando no tempo, talvez falando sobre o nascimento do biografado ou até mesmo sobre seus pais e avós.

Por outro lado, lembre-se que alguns prefácios de biografias são escritos por outras pessoas, como amigos ou parentes próximos. Aqueles que escrevem os prefácios já destacam algumas das características da pessoa biografada, suas qualidades, seu legado, etc.

Se este for o caso da biografia que você está escrevendo, então poderá reservar os primeiros parágrafos do primeiro capítulo para contar o evento mais empolgante da vida da pessoa, sem entrar em detalhes, evidentemente. Isto é só para gerar curiosidade e fazer a pessoa querer ler o livro até o fim.

Revise a Biografia

Finalmente, quando concluir a obra, passe para a fase da revisão. Novamente, não tenha medo de cortar o irrelevante. Se alguns eventos parecerem desnecessários, corte-os.

Portanto, faça correções ortográficas e gramaticais, ajuste o tom, organize melhor as descrições e diálogos, e pronto! Assim, a biografia de outra pessoa escrita por você estará finalmente concluída.

E-book com passo a passo para escrever uma biografia