Corrosiva

Crônicas corrosivas e gestos de amor

Como ser um bom escritor – 10 dicas

Dicas bom escritor

Como ser um bom escritor? Pensei originalmente em listar 20 dicas para isso. Até chegaria lá. Mas regras são feitas para clarificar pontos. E para tanto, é preciso simplicidade. Portanto, aí vão dez dicas para se tornar um bom escritor (ou não).

  1. Mantenha os pontos de exclamação no seu devido lugar. Há quem prefira nem usá-los. Colocar pontos de exclamação equivale a rir da própria piada.
  2. Cuidado com descrições exageradamente detalhadas. Podem ser geniais ou fatalmente cansativas.
  3. Cuide de seus personagens como se fossem sua família.
  4. Não aceite conselhos de ninguém.
  5. Não aceite conselhos de ninguém.
  6. Não resolva enigmas da maneira óbvia.
  7. Leia tudo o que cair em suas mãos.
  8.  Não aceite conselhos de ninguém.
  9. Escreva como você fala, como você pensa.
  10. Esqueça tudo o que eu disse, e nunca aceite conselhos de ninguém.

Dez dicas foram poucas? Eu tenho cursos de escritor para te indicar.

Saiba mais detalhes sobre estes cursos para escritores.

Curso Caminho do Escritor voltado para aqueles que querem escrever um livro

48 Comments

  1. Dany Soardi

    at

    amei o número 4 5 8 e 10, é genial me mostrou que eu apenas tenho que escrever por mim mesma, mesmo que no futuro não dê certo ou que meu livro não dê em nada valeu!

    • julianomartinz

      at

      Obrigado pela visita e pelo comentário, Dany. A grande oportunidade em ser um bom escritor é ser você mesmo. Espero que tenha sucesso em seus objetivos.

      • estefania lima

        at

        estou amando suas postagens, estão esclarecendo muitas dúvidas das quais eu tinha. bjsss

  2. Joelma Ramos Dias de Oliveira

    at

    Quero escrever um livro direcionado aos jovens, com a mesma linguagem simples e direta que vivenciam os jovens.
    Qual seria o primeiro passo?????????

    • edson moura

      at

      seja você mesma e siga as regras 4 e 5!

  3. flávia

    at

    estou pensando em escrever um livro, estava procurando algumas dicas e sugestões, mas agora encontrei a melhor dica: consultar eu mesma Obrigada.

  4. sara fernanda ferreira prates

    at

    oie, tenho 15 anos e amo escrever e hj de repente me bateu uma vontade de escrever um livro, mas fiquei em duvida sobre o que escrver e como escrever entao vim procurar na net e foi quando encontrei esse site, adorei suas dicas e vou segui-las e espero que mais pra frente esse livro esteja pronto….
    irei fikar super grata apenas pelas dicas, vou fikando por aqui afinal tenho que começar meu livro hehe
    tchau beijos e abraços

  5. renan

    at

    cara eu tenho 14 anos ano passado meu professor pedio para os alunos escreverem um texto e ele deu umas mil dicas, ai eu comecei a fazer (um milagre quase nunca fasso trabalhos da escola nao vale apena) e fiz a ”base” to texto ai eu pensei ”to gostando disso” e comessei a me empolgar ai disse para um amigo meu ”vou escrever um livro”. e hoje to escrevendo no momento to no capitulo 8. agora percebo muitos erros o cara evolui muito rapido nao evolui naturalmente, ele descobre que tem tal poder e no outro dia ta usando muito esse poder como se ja usasse ele a tempos.agora estou consertando os erros.

    p.s.: seu blog e muito bom!

    • Rodrigo

      at

      Caro Renan, por acaso você está escrevendo seu livro com tantos erros de português quanto os que você deixou neste pequeno espaço de 7 linhas? Caramba, o revisor da editora que resolver publicar seu livro está demasiadamente encrencado! Vai ter muito trabalho.

      • oliver

        at

        pensei o mesmo
        kkkkkkkkk

        • Fernando Paixão

          at

          Espero que ele faça umas aulas de ortografia, mas vejamos o lado bom, ele começou a escrever.

          • Rafaela

            at

            Vamos pegar leve, né? É um milagre ele estar pelo menos escrevendo, tem gente da idade dele que nem SABE ler e escrever. Com a educação atual nas escolas… E também é ótimo que ele esteja corrigindo os erros (nem que seja com a ajuda da net ou do dicionário).

      • edwanya

        at

        kkkkkkkkkkkkk
        Valeu, Rodrigo!

      • Ana Catarina

        at

        Gargalhei mais com esse post do que com muitos textos por aí.
        Demais!
        Pô Renan, ajuda “cara”…

        Juliano, parabéns pelo conteúdo.

    • Hermínio

      at

      Melhore sua ortografia também.

  6. Kátia

    at

    Amei seus conselhos!”Não aceite o conselho de ninguém.10-Esqueça tudo o que eu disse, e nunca aceite conselhos de ninguém.” Foi muito bom, entendi que valerá a pena mesmo são os meus pensamentos, a mensagem que quero passar…do meu jeito. Valeu!
    Muito obrigada. Estou bem animada… Período “gestacional” para execução do que tanto quero. Escrever meu livro.
    Parabéns.
    Profª Kátia Oliveira – Pedagoga/Psicopedagoga

  7. Debora Alves

    at

    Tenho 21,anos e estou escrevendo uma estoria a mais de um mês.Estou escrevendo um drama gosto muito desse tipo de leitura,e já estou na 7 pagina,quer dizer estou um pouco atrasada,comecei a escrever a muito tempo.Mas vou continuar é divertido brincar de escritora.

  8. Alecxia

    at

    “Não aceite conselhos de ninguém” – Não sei se posso não aceitar os seus conselhos.

  9. Adeliana

    at

    Desculpa a piada, mas se eu aceitasse seu conselho de não aceitar conselhos, eu não estaria não aceitando seu conselho ao aceitá-lo?! Brincadeira… Suas dicas são muito boas, gostei do blog.

    • Fernando Paixão

      at

      Ué! Se o Juliano fez um blog cheios de conselhos, porque ele diz para não aceitamos os conselhos!?

      • Rafaela

        at

        Acho que ele quis dizer com conselhos “desnecessários”, tipo: “Seu personagem é horrível, desista.” ou “Que história medonha…” ou ainda “Mude este trecho…”

  10. Vanessa de A. Medeiros

    at

    Adorei o blog,ele está me ajudando muito e me dando um ânimo a mais.Amo escrever desde meus 5 anos de idade,agora com 16 estou escrevendo meu primeiro livro!:)

  11. Estou escrevendo um livro e vim procurar na net algumas dicas ,encontrei seu site .Excelentes dicas ,vou ler mais coisas aqui ,adorei!

  12. Josisley

    at

    Ri sozinho e aprendi “nunca aceitar conselhos de ninguém”

  13. Robson Roderico

    at

    Oi, tenho 11 anos e já escrevi um livro, mas ele ficou um verdadeiro lixo, queria escrever outro e entrei nesse seu site, o melhor que eu já vi. O meu único problema é a dificuldade em criar personagens. Por favor, me ajuda!!!!

  14. Cristina Assis

    at

    Juliano, li algumas de suas dicas e me trouxe muita inspiração.É exatamente o que eu procurava. Não vou seguir seu conselho e seguir seu conselho. Valeu.

  15. Cristina Oliveira

    at

    E não aceite conselhos de ninguem… HAHAHAH’

  16. Gilielson

    at

    Gostei da regra 10 srsrs eu me matando aqui procura coisas conselhos, mas as dicas são boas, vou escrever uma grande historia de vida de uma criança especial com a superação e adaptação da família de certa forma com uma critica contra os governantes mostrando a realidades dos programas e do descasos de pessoas com necessidade especiais, critica em essencial ao SUS, critica polemica e emocionante historia de vida Twitter @ivosamuca @billherancabr

  17. Danilo Bitencourt

    at

    Não aceite conselhos de ninguém…
    Devo seguir esse conselho?? rs
    Confuso..

  18. Paola

    at

    O conselho “nao aceite conselhos de ninguém” é pra seguir?

    • Juliano Martinz

      at

      Exatamente (o que inclui este que acabo de lhe dar…rsrs).

      • Rafaela

        at

        Os seus textos (respostas de comentários) tem um excelente humor. Adoro isso!

  19. ERLEN KASSIA FARIAS

    at

    Obrigada pelas dicas, minha professora de português me motivou a iniciar um livro quando eu tinha 13 anos antes mesmo que eu terminasse ela morreu, eu acabei sem ninguém para alimentar esse desejo que apenas ela tinha despertado em mim. Hoje já estou com 25 anos me mudei varias vezes e meu livrinho que na época já estava quase pronto e agora estou aqui pra começar novamente uma outra história e dessa vez vou fazer por mim mesmo, espero muito que seja uma agradável leitura… Obrigada por fazer esse site.

  20. VAGNER

    at

    Não aceite conselhos de ninguém. ótimo conselho. então vou aceitar o seu conselho de não aceitar conselho. se é que me entendeu. hehehe abraço

  21. edwanya

    at

    Quando você diz: “Não aceite conselhos” Significa que uma crítica (mesmo construtiva) deva ser ignorada?

  22. bruna

    at

    hahaha estava procurando por alguem q me desse esses conselhos,é realmente importante ate para definir seu proprio estilo e nao copiar,adaptar seus autores favoritos

  23. mary L fields(maria luiza campos)

    at

    Estou escrevendo um livro. Realmente quem é o vilão? Nós ou eles?

  24. Fernanda Rolon

    at

    Eu tenho uma grande dúvida quanto ao uso de linguagem coloquial, eu acho irritante escrever “para” o texto soa muito mais livre usando “pra” não fica estranho, mas tenho medo de ser errado e acabar estragando tudo…

    • Victor Jr.

      at

      Fernanda.
      Apenas escreva e ao inferno com as regras! (Não pode colocar exclamação: why not?). O que interessa, a meu juízo, não é como você escreve. É sobre o quê você escreve. Escreveu errado! Sem problema. Enquanto você aprende as concordâncias e a colocar os verbos no lugar certo e coisas assim, envie o seu texto pra um bom revisor e ajeitador de texto dos outros que ele resolve. O que realmente interessa é a estória. A ideia. É como na propaganda: campanha, anúncio, comercial que não tem conceito, não funciona. Ache uma boa ideia, escreva do seu jeito, bote seu coração na coisa toda, sua emoção e o português no momento que você tem pra dar. Mas nunca deixe de escrever. E mesmo que esteja ortograficamente errado, fica a essência. E se ela for boa, o romance, o conto, ou seja lá o que você tiver escrito, vai valer a pena. E vai emocionar as pessoas. Ninguém se emociona com uma exclamação ou interrogação. Mas com o sentimento que está colocado na frase. Mas não leve tão a sério, isto é apenas minha opinião.

  25. Séh

    at

    Tá entendi, não aceite conselhos de ninguém.
    Por que li este post até o final?

  26. Filipe

    at

    muito bom gostei

  27. Ludmyla Rodrigues

    at

    Tirei até print disso para ler toda vez que me sentir a pior escritora do mundo KKKK
    É simplesmente genial!

  28. Rafaela

    at

    Adorei! kkkkkkk, diria até que foi engraçado…

  29. Elielton

    at

    Juliano, parceiro. Você é o cara, além de escrever bem, escreve verdadeiras jóias, aprendo me divertido ou me divirto aprendendo com suas crônicas e acredite, não li todas, mas já li muitas até chegar aqui

  30. H]

    at

    Nem foi preciso usar exclamações haha’

  31. John T

    at

    Há! Há! Hilariamente elucidativo, amei as dicas… Foram perfeitas e vieram num momento onde eu estava em busca de conselhos…

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© 2020 Corrosiva

Theme by Anders NorenUp ↑