Corrosiva

Crônicas corrosivas e gestos de amor

Pereira Express

Os entregadores que se cuidem. O Pereira chegou chegando.

Se você acha que é um sonho, então, provavelmente, não é.

Este foi o pensamento do Pereira quando, em certa manhã, acordou com asas. A desesperadora estranheza da situação deixou-o atônito. Sentiu que tudo ao seu redor girava, parecendo embriagado.

Foi então que pensou: “Deve ser um sonho”. Mas então lembrou que as pessoas sempre sonham com coisas absurdas e nunca se dão conta de que estão dormindo. Portanto, se ele pensava de forma lúcida que devia estar em um sonho, então, era provável que estivesse muito bem acordado.

Diante da constatação, Pereira ficou sem chão. Na verdade, ele ficou sem chão no momento em que resolveu bater as asas e perceber que era capaz de voar.

Apavorado, Pereira passou uma semana sem sair de casa. Mas, da estranheza ele migrou para a aceitação. Resolveu apresentar-se ao mundo e virou notícia em todo o planeta.

Embora tivesse inúmeras oportunidades (até Hollywood se interessou por sua história), Pereira era uma pessoa simples. Assim, se contentou em aproveitar o dom para arrumar um emprego como entregador delivery.

Desde então, as pessoas em sua cidade costumam olhar para o céu e se deparar com o Pereira carregando caixas e malotes sob o manto cintilante de um azul que parece um sonho.

8 Comments

  1. Ana

    at

    Ótimo texto! Parabéns!

  2. Zezé Libardi

    at

    Belíssima crônica. Parabéns!!!!

  3. Margarette Andrade

    at

    Muito bom.
    Inusitado!
    Que se cuidem os que não sabem voar.

  4. Gleison

    at

    Gostei de ler. Parabéns!

  5. Lilian

    at

    Um narrativa empolgante e que leva o leitor junto com Pereira neste sonho metamórfico. Parabéns

  6. moacir pereira de souza

    at

    Com que facilidade se escreve uma crônica com tamanha fluidez!.. Com poucas frases, o autor conta uma história que envolve e seduz o leitor, é prá poucos, uma tal façanha!..

  7. #JoaoCarreiraPoeta

    at

    Muito bom. Estou pensando em Nelson Rodrigues onde, suas crônicas tinha final imprevisível!
    https://www.facebook.com/joaocarreirapoeta

    • Conceição Carvalho

      at

      remeteu-me ao personagem de Kafka que acordou inseto.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

*

© 2021 Corrosiva

Theme by Anders NorenUp ↑