Neste artigo, veja um resumo da obra Vida e Morte do Rei João, de William Shakespeare

O drama histórico Vida e Morte do Rei João foi escrito por Shakespeare, provavelmente, em 1596. Importante destacar que o título desta obra, em inglês, é simplesmente King John (Rei João).

Em resumo, Vida e Morte do Rei João fala sobre herança e ilegitimidade. É uma peça que destaca os meandros do sistema político inglês e todas as suas intensas lutas para obtenção do poder.

Clique para comprar o livro na Saraiva

Vida e Morte do Rei João – Resumo

Após a morte de Ricardo I (que não deixou herdeiros), seu irmão mais novo, João, sob ao trono inglês. Começa uma disputa, já que alguns poderosos (incluindo franceses) argumentam que o trono deveria ser ocupado por Arthur, sobrinho de João.

Há um esforço de João para tentar obter apoio dos franceses. A primeira parte da peça está concentrada nestas negociações. A tensão crescente gera uma guerra entre Inglaterra e França.

A relação entre João e a Igreja também é muito ruim. O monarca não apoia a escolha de Roma para o arcebispo de Canterbury. Em meio a relações tensas, João acaba sendo excomungado.

Após um período de maior tranquilidade, Inglaterra e França retomam a guerra. Arthur é capturado e acaba morrendo durante uma tentativa de fuga. Esta morte gera uma desconfiança e desconforto entre os apoiadores do Rei João. Achando que Arthur possa ter sido morto, eles acabam se voltando contra o Rei.

Após um naufrágio, as forças francesas perdem suprimentos muito valiosos. Por conta disso, acabam perdendo a guerra.

Após a guerra, o Rei João adoece e acaba morrendo. Seu filho, Henry, assume o trono como rei da Inglaterra.

Compre “Vida e Morte do Rei João” na Saraiva