Corrosiva

Crônicas corrosivas e gestos de amor

Escreva de Madrugada

São 4h00 da manhã. A casa está mergulhada em silêncio. Não há o som da TV ricocheteando nas paredes tênues, nenhuma música serpenteando os cômodos, nenhuma conversa para distrair a atenção. Há apenas a emissão de uma única voz: a voz em minha cabeça. Voz tagarela, não se cala. Ela e o silêncio – o ambiente perfeito.

Quando escrevemos, estamos conversando com a voz em nossas cabeças. Esta voz, por sua vez, comunica-se através de nossas mãos, escrevendo no papel ou digitando no teclado. Quanto maiores os ruídos ao nosso redor, mais difícil escutá-la. Uma voz tímida que não costuma falar na presença de outros.

Escrever de madrugadaPara muitos escritores, as primeiras horas da manhã sempre foi o momento perfeito para escrever suas crônicas narrativas e romances. Antes que os familiares acordem, antes que as crianças saltem da cama em sua algazarra matinal, antes que os carros comecem a destruir a paz com seus motores alguma coisa ponto zero.

Qual o melhor horário para escrever? Obviamente, isto irá variar de escritor para escritor. Há quem ache o silêncio atordoante e uma ameaça à criatividade, embora estes sejam muitíssimos raros. Outros, como eu, preferem o silêncio aconchegante da madrugada. Suas vantagens são convidativas demais para serem desconsideradas.

Qual a Vantagem em Escrever de Madrugada?

Não é apenas o silêncio, mas a possibilidade muito remota, quase nula, de que alguém ou algo irá nos interromper. Recados, telefonemas, obrigações, uma visita inesperada. Estas atividades costumam dormir junto com seus promotores. Durante as madrugadas, somos senhores do silêncio. E não há nada no mundo que nos obrigue a parar e adiar a escrita. Afinal, todas as obrigações e imprevistos também estão dormindo.

Dicas Para Escrever de Madrugada

Entre os escritores que fazem da madrugada sua aliada para produzir suas obras-primas, encontram-se dois grupos: os que dormem tarde, e os que acordam mais cedo. Pessoalmente, acredito que acordar mais cedo seja mais produtivo. Sua mente está descansada e a produtividade tende a ser maior.

Portanto, para aqueles que encontram disposição em acordar uma ou duas horas mais cedo para escrever seus romances ou ainda algumas crônicas pequenas, aqui seguem algumas dicas para tornar estas horas altamente férteis.

* Planejamento: Não acorde pela manhã sem saber o que irá escrever. Isto é péssimo e revela falta de estratégia no seu ofício como escritor. Para não ficar diante do computador durante vários minutos sem ter ideia sobre o que irá escrever, faça um planejamento na noite anterior. Dormir com um plano de escrita já estipulado ajudará também seu subconsciente a trabalhar em seu favor, enquanto você dorme.

Pode ser que você precise fazer alguma pesquisa antes de escrever. Por exemplo, talvez você esteja escrevendo um thriller médico e precisará de algumas informações médicas para o seu romance. Se assim for, não deixe para realizar esta pesquisa durante a madrugada. Lembre-se: este horário deve ser reservado apenas para escrever. Qualquer pesquisa deve ser feita no dia anterior.

* Não verifique o e-mail: Esta é parte mais difícil. Normalmente, somos invadidos pela tentação de verificar a caixa de e-mail logo pela manhã. Não faça isso ou estará colocando uma corda no pescoço de sua produtividade. Mantenha aberto apenas o seu editor de texto. Resista à tentação.

Obviamente, isto inclui não abrir o navegador para qualquer outra finalidade que não esteja relacionado diretamente com seus textos. Acredite: isto se chama disciplina, e ela pode (e deve) ser conquistada com a prática.

* Deixe o editor de textos já aberto: Se for possível, na noite anterior, abra o editor de texto, coloque o título do que irá escrever, e deixe abertas quaisquer notas de pesquisa que tenha realizado. Você poderá colocar o computador ou notebook em hibernação. Quando se sentar diante dele e der o primeiro clique, tudo estará pronto para você começar a produzir.

* Comece com um esboço: O fantasma de muitos escritores: quando a tela em branco fica te encarando, salivando e com um olhar doentio, o processo criativo costuma sofrer um impacto. Por isso, escreva pequenas notas antes de iniciar a escrita propriamente dita. Isto colocará seus dedos e cérebro em movimento. Em alguns minutos, você verá que o processo começa a se tornar automatizado, e as palavras vão formando frases e parágrafos que, por sua vez, passarão a ocupar páginas inteiras.

* Agende outras atividades: Se precisar realmente acessar a internet ou verificar um e-mail, faça isso depois de um certo período de trabalho. Por exemplo, você poderá estabelecer uma regra de que irá ler seus e-mails somente após escrever durante uma hora. Estabeleça estas regras, apegue-se a elas, e premie-se somente quando cumpri-las. Isto se chama profissionalismo, parceiro.

Conclusão

Muitos escritores se sentem “travados” em seu processo criativo. No entanto, grande parte do problema pode residir no horário escolhido para escrever. Se este é o seu caso, faça uma análise de sua rotina. Se perceber que há muitas coisas interferindo em seu ofício como escritor, experimente levantar mais cedo e escrever durante a madrugada. Talvez descubra que esta simples alteração em sua rotina será todo o necessário para arrombar as portas de sua criatividade e despejar um manancial de tramas e personagens sobre o papel que até mesmo você ficará surpreso.

E o que você acha? Qual seu horário favorito para escrever?

(Crédito Foto: Tom Hiddleston)

 

borda

Receba Novidades

Insira seu e-mail para ser notificado sobre novas postagens da Literatura Corrosiva!

Seu e-mail (obrigatório)

29 Comments

  1. Muito bom, a madrugada é realmente a hora mais cabível para toda essa produção literária. O tópico está perfeito! Obrigado!

  2. Shana Conzatti

    21 julho, 2013 at 16:01

    Eu preciso estar sozinha em casa para escrever, por isso uso as tardes. Mas se meu trabalho fosse no turno contrário, penso que a madrugada, no começo da manhã seria sim um ótimo período. O silêncio é o meu melhor aliado para a criatividade!

  3. Com certeza o silêncio e o frescor da madrugada inspiram e muito. Preciso até de um médico que me faça entender que dormir é necessário, pois para mim dormir já se tornou um karma, rs.
    Ótimas dicas, muitas já fazem parte da minha rotina…

    Até logo! :)

  4. Concordo contigo, mas infelizmente eu moro em uma das avenidas mais movimentadas da cidade, nem à noite eu consigo sentir aquele vazio auditivo. Mas obrigado pelas dicas, irei experimentá-las.

  5. Achei a ideia fantástica!!!
    Eu sempre tive um apego a escrever durante horas silenciosas, e sempre consigo inspiração quando escrevo durante a noite,acho que esse esquema me ajudar muito. Pretendo colocar em pratica o quanto antes… Acho que nessa madrugada eu começarei a fazer disso um habito.
    Bom, eu adorei esse site! Já coloquei diversos toques que ele deu durante minha rotina de escrever. Eu escrevo desde pequena, bom se 10 anos de idade é pequena para escrever, e precisava mesmo de alguns toques para entrar na linha e os encontrei aqui…Sempre amei escrever… eu estou divagando… adorei o site e espero que tenha mais matérias sobre isso!
    :)

  6. Vou começar a ter essa rotina de escrever na madruga, sempre é a hora mais acessivel aqui q não tem ninguém memso perto de mim, gostei do artigo e os outros também está em ajudando muito no caminho como escritora que quero levar ^-^.

  7. Fernando Paixão

    4 agosto, 2013 at 00:05

    Olá Juliano Martinz, a observo que a maioria das dicas são voltadas para quem quer escrever um livro “tipo romance, ficção”. Eu estou fazendo uma pesquisa sobre vários personagens bíblicos para escrever um livro narrando a fundo a vida de alguns homens e mulheres que marcaram a historia com uma postura de fé em Deus. Porém, não sei como dá inicio nessa jornada. Gostaria que o senhor me transmitisse algumas dicas de como realizar tal façanha. Grande abraço.

  8. Ola,tudo bem?
    Eu queria deixar claro que,a ideia é mesmo otima.Porem,alguns escritores trabalham ou estudam pela manha,entao escrever de madrugada é quase que assassinar o rendimento nessas atividades.Eu por exemplo,estudo de manha,mas achei uma tecnica infalivel.Sabe aquela hora em que todos dizem “vou dormir”geralmente antes das 10hs00 aquele é o horario perfeito.Eles vao para os quartos e voce fica sozinho na sala.Desligando a TV voce tem o lugar perfeito pra suas obras tomarem vida.
    UAU!! Eu acabei dando a dica (risos). Bom,valeu gente! As dicas sao mesmo otimas! Tchal ;D

    • Juliano Martinz

      11 agosto, 2013 at 17:47

      Mais uma sugestão para complementar o artigo, Raquel. Obrigado por compartilhá-la!

  9. Eu não escrevo coisa com coisa, ouço um ruído , e de repente ,me vem uma onda de necessidade de transformar aquilo em palavras ,então escrevo. Por isso, tenho uma quantidade de coisas escritas , e não sei o que fazer com elas.
    É muito comum vir uma necessidade

  10. Escrevo muito, qualquer coisa que ouço ou vejo me inspira a escrever. Escrevo ,às vezes guardo outras perco. Como fazer isso se tornar um livro?

  11. Eu sempre que vou escrever algo, sinto uma vontade de tornar tudo que escrevo perfeito, meus amigos dizem que sou perfeccionista até de mais, outros dizem-me que minha mente está sobrecarregada e sinto a necessidade de colocar tudo logo na primeira página e com perfeccionismo, coisa que é impossível de muitas formas. Porém só consigo expressar minhas ideias sobre lugares, assuntos e personagens quando, tem pessoas ao meu redor fazendo algazarra e muito barulho, em minha sala de aula por exemplo, faltava apenas cinquenta páginas para terminar de ler o livro Morte Súbita de J.K.Rowling (QUEEN KKK), e estava acontecendo muitas coisas ao meu redor, muito barulho e tudo o mais e eu consegui terminar a leitura do livro em cinco aulas (cada com 45 minutos). Ou seja, creio que me encaixo na categoria citada acima daqueles que conseguem um maior nível de produtividade em plena luz do dia e com o barulho que for. Agradeço as dicas que leio nestes posts, pois estão me ajudando muito, iniciei agora a pouco uma pequena tentativa de produzir um livro, creio que um dia chegarei a terminá-lo, tomara que com ajuda do site. Abraços…

  12. Uma boa coisa que eu faço é escutar musica (não é silencioso, mas me ajuda um bocado!) pelo fato de que moro com minha família e eles nunca estão quietos, durante a noite posso ouvir os roncos vindos do quarto ao lado! mas coloco meu fone e coloco em uma musica qualquer, assim posso deixar a musica apagar os barulhos descompassados da casa (melhor algo com ritmo do que algo como gatos miando no telhado e roncos vindos do quarto) é questão de 2 à 4 minutos até eu me acostumar com a musica e a criatividade e o prazer de escrever me fazem esquecer totalmente a mesma (que só serve como uma forma de bloquear os sons descompassados, eu já tentei me acostumar com eles, mas, mesmo escrevendo, eles não se apagar como a musica, apenas me atrapalham.) quando eu percebo, aquela musica já se repetiu diversas vezes e eu passei horas escrevendo! Nem mesmo consigo me lembrar qual era a musica que estava tocando, ela simplesmente se desliga para que eu possa escrever.

  13. Muito legal, cara. Me identifiquei muito com o texto, porque eu já percebi que minha mente funciona bem melhor pela manhã, e eu costumo acordar mais cedo e escrever um pouco antes de sair pro trabalho. É o momento em que escrevo melhor.

  14. Fiquei até feliz lendo este post, porque antigamente eu escrevia às duas ou três da madrugada, eu troquei pelo silencio da manhã, produzo melhor quando acordo descansada.

    Eu acho que também dar uma lida no que você planeja escrever (aquele esqueleto que fazemos antes de escrever a obra para não nos perdermos) ajuda a ter ideias novas e conseguir escrever as antigas também. É algo que eu faço sempre e quase nunca tenho bloqueios (é bem raro porque sou um pequeno demônio criativo e é verdade).

    Acho que a questão de manter a rotina e se agradar com o que escreve também contam. Sem contar que é gratificante ver o trabalho completo e receber o feedback dos leitores (uma das melhores partes na minha opinião).

    E sobre o barulho… bom, eu não tenho problemas com isso. Quando começo a escrever, minhas orelhas meio que param de funcionar e é difícil ouvir o que dizem se não estou prestando atenção neles, aprendi a fazer isso quando estava me matando pra passar no vestibular e simplesmente acontece!

    Amei o post e o site, tem tanto conteúdo bom para escritores jovens que nem eu, me sinto acolhida e com menos dúvidas!

  15. ola, tudo bem? respondendo a pergunta eu nao tinha um horario especifico para escrever, por isso algumas vezes a produtividade nao era boa, mas a partir de agora vou procurar implementar essa dica no meu dia a dia. passarei a escrever de manha ou de madrugada. obrigada por compartilhar.

  16. cirlenio antonio coimbra

    22 dezembro, 2013 at 13:32

    OI, TUDO BEM?? LI OS ARTIGOS, GOSTEI MUITO, TENHO VONTADE DE ESCREVER, MAS SEMPRE QUE COMEÇO, SINTO UM BLOQUEIO ENORME, PARECE QUE AS IDEIAS FOGEM DA MINHA MENTE. O QUE FAZER??

    • Angélica Peres

      1 novembro, 2014 at 15:15

      Ola. Analisei seu comentário… Bom, eu nunca tive lá muito bloqueio para escrever. Porém, acho que posso lhe ajudar.
      Vamos dividir isso em passos o.k?
      O primeiro passo, é você escrever sobre algo que sabe. Se for escrever um romance ou ficção, a melhor coisa é você basear as ideias e ideais de seu personagem principal, em suas ideias e seus ideais. Ou fazer ele totalmente diferente de você. Calma. Vou explicar. Talvez se você espelhar-se em seu personagem, tudo fique bem mais claro e fácil de escrever e criar. Mas se você o fizer completamente diferente de você, tente faze-lo de uma forma como você gostaria de ser, ou admiraria.
      O segundo passo é muito simples. Todo personagem principal, tem uma vida. Tem família ou é órfão. Fale sobre a historia desse personagem, sobre tudo o que ele gosta e sobre as coisas que este odeia. Crie um dia a dia.
      O terceiro passo se resume em dar continuidade e criar obstáculos para seu personagem. Que seja um amor, ou uma guerra.
      O quarto passo, é bem importante, por que ele é baseado na queda de seu personagem. O momento critico. O momento quando todos acreditam que é fim do mesmo.
      O quinto passo, é o mais importante. E você terá de ter muita criatividade. Pois seu personagem nãõ pode ficar no fundo do posso para sempre não é mesmo? Portanto, de um jeito de faze-lo dar a volta por cima e surpreender a todos.

      Agora ai vai umas dicas para turbinar sua imaginação:

      * Assista filmes antes de dormir.
      * Durma ouvindo musica.
      * Escreva de madrugada e se possível ouvindo musica.
      * Leia muito.
      * Crie um mundo de imaginação só seu.
      * Se permita.

      Espero ter ajudado! Qualquer coisa, é só me chamar o.k?

  17. Fabiana Dorigo

    7 janeiro, 2014 at 00:01

    Obrigado, me ajudou muito, amei o artigo ♥

  18. Sem dúvida prefiro a madrugada, a minha criatividade flui de uma maneira incrível.

  19. Pessoal! eu tenho 19 anos e comecei a escrever um livro sobre minha própria hitória de amor…. quero perguntar se vcs podem me dar algumas dicas pra um melhor desempenho do meu livro?? pfv, algém!! :)

    • tudo depende de como você quer abordar o seu tema!
      uma escrita dinâmica também é bom nesses casos!
      sentimentos são essências e tente trabalhar bem nos personagens (estou suponto que você ira fazer personagens, baseados em reais).
      Uma coisa que eu tento sempre encontrar é a inspiração certa para escrever, no romance, sempre procuro musicas, sentimentos e mesmo poemas aos quais posso me inspirar!
      bom isso varia de pessoa para pessoa, você só tem que encontrar o momento certo para sair fantastico!
      :)

  20. Rennatha Ayeska

    16 abril, 2014 at 15:50

    Eu estou escrevendo um Livro, ele esta recente, quero fazer uma obra diferente, desde meus 10 anos de idade escrevo cartas, e poemas, já cheguei por diversas vezes, escrever cartas que relatavam o amor e sentimentos fortes, para muitas amigas para que elas entregassem como se fossem delas, e até hoje nenhum menino disse que era melosa, e nem cafona rs . Eu estou empolgada, não estou buscando fama, e nem grana, mas só de ter pessoas lendo meus poemas cartas e histórias isso é um máximo.
    Estou gostando demais das dicas, e elas serão muito útil neste meu projeto.

  21. William Vinci

    4 maio, 2014 at 19:35

    Eu prefiro estar ouvindo alguma coisa, qualquer coisa, me ajudar a prestar atenção… como um parque, um lugar pra tomar café e até mesmo uma sala de aula! O silêncio me incomoda, não sei explicar, mas apenas confunde meus pensamentos ai me distraio facilmente

  22. Angélica Peres

    1 novembro, 2014 at 14:48

    Olá. Bom, sempre escrevo de madrugada, não só pelo fato de que o silêncio ajuda muito, mas também pelo fato de que, percebo que quando escrevo com sono minha imaginação se torna cada vez mais fértil, talvez seja pelo fato de o cérebro estar entrando em modo de espera, então acabo deixando a imaginação tomar conta. Minhas inspirações, saem quase sempre de sonhos, e percebo que quando escrevo com sono (Durante a madrugada silenciosa), é como se eu estivesse sonhando acordada. Me permito a entrar em um mundo interior onde poucos são permitidos. Tenho 14 anos. E estou escrevendo um romance cheio de aventuras e acontecimentos espetaculares. Meu maior sonho é publicá-lo, pois através dele, digo verdades que nunca tive coragem de dizer para ninguém. A personagem principal, vive uma vida baseada em minha própria vida, porém, com uma pequena pitada de sal e pimenta para ficar ainda melhor. Amo escrever. Principalmente durante a madrugada.

  23. O silêncio me ajuda à escrever, mas de modo algum acordaria mais cedo para isso, até porque, não sairia nada! O sono não permitiria… Como consigo silêncio por volta das 23 ou 00:00 horas consigo escrever nesse horário, mas chego em casa cansada e com sono, por isso produzo de forma lenta. Adoraria escrever no fim da tarde, com silêncio, claro! Mas não tenho tempo livre nesse horário. Gostei muito das dicas e vou tentar aproveitá-las.

  24. Essas foram realmente as palavras que eu queria ouvir. Eu já tenho ideias escritas no papel, em breve escreverei um livro. Gostaria que essas palavras constassem no meu primeiro livro. Permita-me.

  25. Eu tenho muita vontade de escrever,e essas dicas estão me ajudando pra caramba!!
    Queria uma dica de qual editor de texto usar!?
    Obrigada :D

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© 2016 Corrosiva

Theme by Anders NorenUp ↑