Corrosiva

Crônicas corrosivas e gestos de amor

COMO ESCREVER UM ROMANCE EM DOIS MESES

É possível um romancista escrever um livro em apenas dois meses?

Dicas de Jeff VanderMeer Para Escrever Um Livro em Dois Meses

Jeff VanderMeer

Uma proposta atraente para muitos. E absurda para tantos outros. Especialmente para quem já passou anos em cima de um romance, a proposta de Jeff VanderMeer no livro Strategies and Survival Tips for the 21st-Century Writer (Estratégias e Dicas de Sobrevivência Para o Escritor do Século 21), soa apenas como utopia (pelo menos para relés mortais). A questão que chega de mãos dadas com a curiosidade não é somente a possibilidade de se concluir ou não uma obra neste tempo, mas também a qualidade do resultado apresentado. Ser mais eficiente é excelente para qualquer pessoa que se dedica a escrita, especialmente para os que dependem dela para sobreviver. No entanto, não se pode deixar de pensar: quão criativa é a eficiência? Há opiniões divergentes sobre o assunto. De qualquer forma, a resposta que pulsa e repulsa como verdade absoluta é a realidade de cada um. Ou seja, talvez você precise de muito tempo para conseguir produzir algo que valha a pena ser lido. Ou talvez, não.

De qualquer forma, aqui estão algumas das dicas que o autor apresenta como suporte para se conseguir escrever um romance em apenas dois meses.

  • Certifique-se de conseguir definir em poucas frases o que você está escrevendo. Se fosse definir seu romance em apenas duas frases, conseguiria fazê-lo sem dificuldade? Romances de dois meses precisam ser facilmente definidos e declarados. Se estiver escrevendo uma saga medieval, com dezenas de personagens com papéis altamente relevantes no curso da narrativa, bem, neste caso, será difícil concluir o livro em dois meses.
  • Baseie alguns de seus personagens principais em pessoas que você conhece superficialmente. Ou seja, nada de se basear em amigos íntimos. Quando você baseia um personagem em uma pessoa um tanto quanto distante, é mais fácil fazer as descrições, e preencher as ações e emoções do mesmo com suas ideias.
  • Corte algumas cenas no meio. Por exemplo, ao invés de descrever minuciosamente seu personagem realizando um roubo, poderá colocá-lo na cena do crime, e encerrar o capítulo. Em seguida, descreva os acontecimentos que se sucederam ao roubo. Além de economizar o tempo dedicado à escrita dos eventos, você ainda conseguirá gerar tensão na narrativa.
  • Não dê detalhes do que não precisa de detalhes. Há quem ame descrever a cor das paredes, ou a granulagem da poeira disposta sobre a cômoda no quarto. Mas se o objetivo é escrever um romance em dois meses, tais detalhes precisam ser suprimidos.
  • Cuidado com cenários exóticos. Encontrar um paralelo em seu próprio ambiente diminuirá o tempo investido em pesquisas. Se a narrativa pode perfeitamente acontecer na sua vizinhança, esqueça aquela cidadezinha embrenhada em cadeias montanhescas no sudoeste africano.

Aplicando estes conselhos, acredita ser possível escrever um bom romance em dois meses?

32 Comments

  1. Alessandro Thomé

    19 julho, 2012 at 21:58

    Escrevi o meu “A casa iluminada” (Benvirá, 2012) em menos de dois meses. E lá está ele, em todas as livrarias.
    Se é bom ou não, aí são outros quinhentos.

  2. MOISÉS CÉSAR REIS

    18 dezembro, 2012 at 17:10

    O meu primeiro livro que iniciei em Maio/2012 “Uma só verdade” conclui em Julho, e olha que enquanto escrevia ficava vários dias sem escrever, pois ao mesmo tempo escrevia a sinopse da minha primeira telenovela “O Elo”, atualmente estou com três livros em produção, um deles escrevo junto de duas amigas escritoras, além de uma sinopse de minissérie pronta e uma centena de histórias e títulos na minha mente.

  3. O meu eu estou há 8 meses escrevendo, só escrevi sessenta e poucas páginas (e eu escrevo todos os dias) quanto mais escrevo sinto que estou mais longe de conclui-lo. O nome é “Entre Cruzes e Triquetras” se passa numa cidade longínqua no noroeste da Escócia e aborda temas políticos, religiosos e históricos… Acho que esta explicado a demora né? Hehehehehe

  4. Eu escrevo mais ou menos nesse tempo também, se me concentrar só em um (o que é difícil, porque eu começo um e tenho inspiração para outros tantos!) acho que o meu maior problema é conseguir fazer os “meios” para chegar aos fins!

    Quem quer escrever rápido, consegue e de forma bastante gratificante, não acho que para que isso aconteça, temos que suprimir coisas, só temos que por os pingos nos “is”.

    O problema de escrever é que nem sempre sabemos como queremos terminar e quando terminamos, muitas vezes nos perguntamos se isso é o que imaginamos no início e se era isso que queríamos escrever, muitas vezes até perdemos a essência do que queríamos passar, e é para isso que eu vim comentar.

    Jamais devemos perder a nossa essência, apesar dos conselhos e dos pitacos alheios, devemos levar para nós apenas as coisas que são realmente importantes e viver com isso kkk

    Amei o post e o site, já até me cadastrei na newsletter <3

  5. Achei interessante o post …
    Quero escrever um romance, mas desejo que ele seja diferente… Já tenho a história em mente, mas o difícil vai ser passa-lo para o Papel.

    • Sara,

      Se vc tem um romance na cabeça e não consegue passá-lo para computador,
      contrate um pessoa para fazê-lo: procure na internet por Ghost white e
      achará um grande número de pessoas que fazem isso, pode ser até na sua cidade.

      Abraços
      Manoel Amaral

  6. qria poder escrever um libro romántico tengo la ideia na mente mas na hora de escrever nao me sale e sun libro de amor que una madurita se enamorade un chico joven

  7. Ola,comecei a escrever meu livro a uma semana e estou na pagina 30,porque a gente demora tanto a escrever?
    Tenho 13 anos.

  8. Já publiquei o meu primeiro que é de contos e crônicas. Estou amadurecendo a ideia de escrever um romance. Estou estudando para para isso, este site está me ajudando muito!

  9. Heronides Silvestre

    12 dezembro, 2013 at 19:31

    Já publiquei Quadrinhos. Agora me atrevi escrever romances e contos. Obrigado pelas dicas que muito me ajuda.

  10. o meu estou fazendo ainda,tenho a certeza que sera muito bom.. o nome vai ser”o amor e suas atrapalhadas

  11. Laís Hariani

    5 janeiro, 2014 at 15:40

    Acho que se tiramos os detalhes o romance fica pouco envolvente, acho que os detalhes a descrição do local do olhar e etc muito importante, como no desenho realista sem os detalhes o trabalho fica inacabado.

  12. Estou escrevendo um livro que aborda vários temas, mais estou com dificuldade de criar um romance entre os personagens

  13. Olá, esse mundo é muito novo para mim, mas estou adorando suas dicas. Meu primeiro livro será lançado provavelmente em maio, é para mães, como o meu blog, assinei contrato com uma editora. Mas gostaria muito de enveredar por essa parte de romances, e suas dicas são realmente preciosas.
    um abraço e obrigada!

    • Juliano Martinz

      20 fevereiro, 2014 at 21:12

      Eu agradeço suas palavras, Daniela. E parabéns pelo trabalho realizado em seu blog.

      Forte abraço!

  14. oi meu nome é Alan, e gostaria muito de escrever um livro bem pequeno, só que não sei por onde começar. Se alguém puder me dar umas dicas ficarei grato. Meu wpp 9184423040

    • Allan,

      Eu escrevo contos, mas sigo o mesmo esquema do romance: primeiro crio os títulos dos capítulos.
      Vou escrevendo um pouco em cada um deles. Quando já tem umas 40 páginas cada um, aí faço uma pausa e vou fazer a revisão.
      Depois vejo o que sobrou, faço os alinhamentos e dou o retoque final.
      Só daí envio para o Revisor Profissional.

      Abraços
      Manoel

  15. Ja escrevi dois livros e estou num terceiro. Nao vai ser uma trilogia, mas uma saga de 7 livros, o que venho programado.
    Os dois primeiros juntos somam 468 paginas e 45 capitulos.

    Em um papo com uma amiga, encarei escrever um romance, o que nao é o meu forte. Quando falo que vou escrever um romance, ja penso que vou ter que escrever apenas sobre o sentimento de amor. Acho que isso me atrapalha. Nao que eu nao saiba falar do amor, muito pouco sei, mas nao dar pra falar do amor em 100.000 palavras ou mais.

    Posso colocar o romance em si, como segundo plano durante o livro de inicio e da enfase no final?

  16. Estou tentando criar uma história de amor , afinal quem não adora uma bom romance?
    Baseado na lembranças de um casal, o garoto narrando sua história de amor como em um diário com as mais belas lembranças, as que ele nunca irá esquecer!

  17. Brenda Ximendes

    28 maio, 2014 at 18:41

    Comecei a escrecver um livro ha dois dias e só escrevi 2 páginas .
    É um romance atual.
    Estou muito insegura , por isso resolvi procurar ajuda.
    A introdução está indo bem mas, estou insegura quanto ao desenvolvimento e conclusão.

  18. Não digo que seja impossível. Há escritores e escritores. Há mentes que não param de criar, são os privilegiados de inspiração crônica rs. Para mim é indubitavelmente impossível.

  19. Valdívio Barbosa

    15 junho, 2014 at 16:53

    Também, como todos que vieram aqui, eu estou criando ‘mundos’. Só que a partir de minhas 30 paginas a coisa deu uma parada total. Meu livro -vou ser realista– conta a história de um casal, superficialmente, que viveu na época da ditadura, isto, porem, porque um dos capítulos se chama O PASSADO, vale lembrar que desse casal só a mulher vive, seu marido já entra na história morto, por isso o capítulo. Conto da influência de EUA no golpe militar de 64, tudo por cima, depois é que dou uma entrada no tema para compor uma parte da história. A partir de então largo o golpe militar e passo a contar a vida do restante da familia que sobreviveu na época. Ai sim é que desenrolo um romance. Vale lembrar que nada aconteceria se fosse o golpe militar.

    Queria saber se posso fazer essa ruptura com o tema de inicio sem perder todos os vínculos ?

    • Sobre títulos de livros, quando pensar em algum deve consultar o Google.
      Poderá ter muitas surpresas. No meu livro de crônicas e contos passei
      por uma que não esperava: haviam cinco livros com o mesmo título.
      Por isso é bom verificar antes para não ter prejuízos de capas, revisões e
      outras despesas.

      Abraços
      Manoel

  20. Oi, eu já até perdi as contas de quantos romances já tentei escrever o único que conclui foi quando tinha 16 anos uma historia de uma menina e o boto, fiz manuscrito em um fixario velho, mas o tempo acabou com ele tenho 25 hoje, e curso biomedicina nada haver com escrever livros, mas adoro escrever, e vou seguir suas dicas quero escrever um livro que me veio a menta e uma aula de biologia molecular, até me assustei fiquei ansiosa para logo escrever mais estava em sala de aula rsrsrs, mas agora que estou de ferias tenho dois meses para escrever, vamos lá mãos a obras.

  21. amei o post

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© 2016 Corrosiva

Theme by Anders NorenUp ↑