Corrosiva

Crônicas corrosivas e gestos de amor

Como Criar Nomes Para Personagens

Não importa qual seja o ramo literário (excetuando-se os poemas), chega o momento em que todos nós nos deparamos com uma tarefa emocionante: criar nomes para personagens.

O momento em que isto é realizado costuma variar. Muitos escritores escolhem todos os nomes já antes de iniciar seus romances. No entanto, você não precisa utilizar isto como regra. Ao contrário, poderá utilizar nomes provisórios até que o nome ideal e definitivo lhe venha a mente – o que muitas vezes acontece enquanto se escreve o livro, ou somente após o término deste. Você não deveria se preocupar com o trabalho que estas posteriores alterações podem dar – pelo menos, não se escrever seus romances utilizando um computador. Editores de texto facilitam esta tarefa. Por exemplo, você poderá usar a ferramenta Localizar e Substituir, e inserir o nome atual e o novo nome. Após isto, com apenas um clique, todo o livro será varrido e os respectivos nomes, substituídos.

Assim, surgem as perguntas: Por que bons nomes são importantes? Existe algum processo para facilitar sua escolha?

A Importância dos Nomes Para as Personagens

Criar nomes para personagensNão devemos encarar os nomes como sendo tão importantes quanto à personalidade de sua personagem. Não chega a tanto! Mas é um fato que bons nomes desempenham um notável papel no fortalecimento delas. É muito mais fácil tornar uma personagem marcante quando ela possui um nome forte, memorável, e adequado ao seu desempenho na narrativa.

Por esta razão, não torne a escolha de nomes para personagens como um processo aleatório ou secundário. Dê a ela a atenção que realmente merece.

Onde Encontrar Nomes Para Personagens

A internet é a maior fonte de informações do mundo, inclusive para quem procura sugestões de nomes para suas personagens. No entanto, você não deveria limitar esta pesquisa ao ambiente virtual. Como escritor, é provável que você sempre carregue um bloco de anotações e caneta onde quer que vá. Expor-se a novos ambientes lhe dará oportunidades de ser apresentado a um número maior de possibilidades para nomear suas personagens.

Isto exige um pouco de organização. Crie e mantenha atualizada uma lista de nomes. Sempre que ouvir um nome interessante (ao caminhar, assistindo um filme, ou lendo uma revista) anote em sua lista. Posteriormente, esta lista poderá ser bastante útil no processo de criação de nomes masculinos e femininos.

Se sua narrativa ocorre em outra época, digamos na década de 40, é importante realizar uma pesquisa para verificar os nomes utilizados neste período. Colocar um nome “moderno” em uma personagem de tal época poderá desambientar os leitores – ao lerem o nome da personagem é como se você os arrancasse da década de 40 e os trouxesse para os dias atuais. Um bom livro tem como tarefa levar os leitores para este mundo de fantasia e mantê-los lá – pelo menos, enquanto estiverem com os rostos mergulhados nas páginas.

Nomes Originais

Nomes originais para personagens

Muitos autores se preocupam com problemas relacionados ao plágio na hora de escolher nomes para suas personagens. Na verdade, o maior problema em se utilizar nomes muito conhecidos é que seu trabalho passará uma indesejada mensagem para os leitores: “meu livro não é original”. Assim, evidentemente, você deve fugir de nomes muito conhecidos. Crie uma personagem com o nome “Sherlock Holmes” e estará fazendo papel de tolo.

Você não precisa de nomes originais para desenvolver personagens marcantes, mas considere isto como um elemento que contribuirá para todo o processo. Nomes únicos podem oferecer uma grande vantagem para quem está querendo que suas personagens se tornem memoráveis.

No entanto, para quem está escrevendo um livro de fantasias, a escolha de nomes originais já não é opcional, mas imprescindível. Poderá fazer isso por pesquisar nomes raros, tais como em sites que sugerem nomes para bebês ou que geram nomes para personagens, e mudar a grafia deles.

Conclusão

Há muitos escritores que desconsiderariam qualquer uma das sugestões acima. Não querem encontrar novos nomes em passeios e conversas, muito menos em sites que oferecem sugestões já aproveitadas por centenas de outros autores. Tais escritores preferem vasculhar sua imaginação em busca de nomes interessantes e marcantes para suas personagens. A vantagem deste processo é que os nomes se tornam ainda mais parecidos com a personagem do seu livro, já que ambos nascem da mesma mente criativa.

 

borda

Receba Novidades

Insira seu e-mail para ser notificado sobre novas postagens da Literatura Corrosiva!

Seu e-mail (obrigatório)

13 Comments

  1. Muito bom o post!
    Eu quando escolho nomes para os meus personagens, gosto de levar em conta os seguintes critérios:
    a) a nacionalidade do personagem
    b) a época
    c) e o significado que mais se assemelhe a personalidade dele
    :)

  2. uma orientação importante… bju de linda semana

  3. Ana Paula Kovalick

    10 janeiro, 2014 at 08:55

    Quando os personagens são baseados em fatos reais… Só os fatos são reais não os nomes. Certo?

    • Juliano Martinz

      10 janeiro, 2014 at 18:09

      Ana,

      Você pode utilizar nomes reais também, desde que obtenha autorização das pessoas citadas. De modo geral, este é o procedimento para realizar obras cinematográficas e literárias.

  4. Boa dica! Para mim, a pior parte ao escrever um texto é definir nomes para as personagens.

  5. mary L fields(maria luiza campos)

    20 julho, 2014 at 10:00

    Minha historia comeca com as gemeas Aghatha e Amanda as duas foram separadas na infancia por a aghatha ser diferente apesar q amanda tambem era so q nimguem descubriu

  6. Acredito que uma boa pesquisa em livros também ajudaria, assim como me ajudou. Todavia, escolher nomes de personagens geralmente é algo meio confuso no começo, principalmente a parte de adaptação das personalidades deles, porém além de ser algo Emocionante ajuda você a aprimorar sua escrita.

  7. Pâmela Barbosa

    14 dezembro, 2014 at 02:46

    No meu caso, a instrutora q faz as correções me disse para não americanizar os personagens, oq foi algo meio impossível de acontecer já que a busca por nomes tipicos e as referencias q eles tem são estrangeiras. Mas acho interessante nem sempre americanizar as obras brasileiras! :)

  8. Não uso nenhum critério para criar nome dos personagens.
    Um de meus personagens está até hoje em quase todos os
    livros que escrevi.
    Este foi criado a partir da junção de três outros nomes.
    Bom texto, ótimas dicas.

  9. Edleusa Tavares

    17 fevereiro, 2016 at 11:50

    Demais! Que coisa maravilhoso esse post!

  10. Cleide Monteiro

    19 maio, 2016 at 13:13

    Excelente ideias estou começando a escrever meu livro agora gostaria de algumas dicas.
    obrigada.

  11. William O. Costa

    27 agosto, 2016 at 02:37

    Muito bom! Na última hora, li muitas e muitas dicas. Gostei bastante de todas! Muito obrigado! Fique com DEUS.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© 2016 Corrosiva

Theme by Anders NorenUp ↑